Mensagem do I Ching para o 2º Semestre de 2013

Mensagem do I Ching para o 2º Semestre de 2013

 

2013_serpente-de-agua

 

 

Na Sociedade Taoista em São Paulo tivemos dentro da 12ª Semana do Tao uma oficina de I Ching aberta ao público. O tema da questão para o oráculo taoísta era comum a todos: Orientação para o 2º Semestre de 2013.

Questão importante parta conseguirmos nos harmonizar em meio a este período de tensão do ponto de vista da Astrologia Chinesa e do Feng Shui, em especial em agosto.

Temos neste ano chinês, que vai até fevereiro do ano que vêm, uma configuração tensa entre o Tronco Celeste Kuei (Água) e o Ramo Terrestre Si (Fogo). Kuei representa o último tronco celeste, finalizando um ciclo de 10 anos. Por isso, é um tempo favorável para fim de ciclos em geral. Si, a famosa Serpente dentro do horóscopo chinês, demonstra uma visibilidade, articulação dos povos e afloramento das emoções internas.

Dentro da teoria dos 5 elementos, o encontro da Água com o Fogo é caracterizado por uma relação de controle e tensão, na qual a Água tenta apagar o Fogo e este evaporar aquela. Temos então uma pressão celeste, imbuída das características do trigrama Água, chegando à terra. E na terra temos um afloramento de um Fogo interno, imbuído das características do trigrama Fogo, que  se agita e combate a energia celeste. É um conflito entre Alto e Baixo.

De acordo com a teoria do Feng Shui, Escola Estrelas Voadoras, a regência deste ano do Luo Shu é do número 5, assim como da 7ª Lua agora em agosto. Ou seja, todos os centros das habitações no mundo possuem a estrela 5 este ano. O 5 é marcado por acidentes, imprevistos, forças destrutiva e incontroláveis.

Na 7ª Lua Taoísta, todo ano, também é caracterizada pela abertura do portal do mundo dos espíritos. O que permite a aproximação do Yin com o Yang. Por esse motivo que na tradição taoísta são realizados rituais de distribuição e assistência às almas que se encontram e condições inferiores.

Portanto, em meio a este contexto, é importante mantermos o equilíbrio, reencontrar o nosso centro, fazer doações e práticas espirituais, a fim de nos harmonizar e passarmos ilesos por essa fase que marca o 2º semestre de 2013.

A Água celeste, o Fogo terrestre em meio a um contexto imprevisível forma uma verdadeira panela de pressão. Manter a calma, equilíbrio, evitar situações de risco e não ceder a impulsos emocionais é o ideal. Devemos manter a retidão e agüentar a estas pressões.

Então para finalizar, a resposta que o I Ching nos deu na oficina foi o hexagrama Caldeirão (Ding):

 

hexa50                                                     Ting

 

“ Ele traz a mensagem da transformação e da renovação, sendo importante conhecer profundamente a lei da relação fogo-água dentro do Caldeirão para compreender o processo da grande transmutação(…) O hexagrama Caldeirão (Ding) é formado pelo trigrama Fogo sobre o trigrama Vento. Representa um contexto natural de transformação por meio do uso do fogo (consciência) e da madeira (pensamento). É o cozimento, o refinamento e a alquimia da matéria que passa por uma situação de alta temperatura e tensão para se transformar em algo nutritivo para a vida. Mas, como Wagner Canalonga – Sacerdote Regente da Sociedade Taoista do Brasil em SP – comenta: “não é fácil ser o grão de feijão preso no caldeirão passando por altas temperaturas até deixar de ser cru”.

Fonte: Lacroce, André: O Caldeirão Taoísta e a Acupuntura Tradicional Chinesa, 2013.

One thought on “Mensagem do I Ching para o 2º Semestre de 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *